Artigos e Pesquisas

Mantenha-se informado com nossos artigos e pesquisas

CWT

 

Viagens a trabalho estimulam a criatividade
e a produtividade

11.2019


 

Pesquisa da CWT revelou que 6 a cada 10 viajantes se sentem mais criativos e produtivos quando estão viajando a negócios. Os viajantes corporativos brasileiros também destacam maior criatividade (76%) e produtividade (78%) – porcentagem esta que é superior à média dos continentes.

Os Millennials dizem que são mais criativos e produtivos quando viajam a trabalho. Os viajantes das Américas são os que mais apontam estas características (77% dos entrevistados avaliam ter mais criatividade e produtividade durante suas viagens corporativas), seguidos pela área da Ásia-Pacífico (75% se sentem mais criativos e 73% mais produtivos). Os Millennials europeus estão em terceiro lugar, com 58% e 57%, respectivamente.

"Temos muito orgulho por saber que ajudamos a despertar o melhor das pessoas", diz Niklas Andreen, Vice-Presidente Executivo e Diretor de Experiência do Viajante na CWT. “Essas descobertas não são uma surpresa – viajar traz energia às pessoas, promove novas ideias, cria conexões. E nada supera um encontro face a face.”

A pesquisa da CWT também mostra que seis entre dez viajantes são mais produtivos quando trabalham face a face e em colaboração com os colegas, em vez de trabalharem sozinhos ou remotamente. No Brasil, 49% dos entrevistados afirmam ser mais produtivos trabalhando face a face e em colaboração com seus colegas.

“Com esta pesquisa, vemos que os profissionais têm um rendimento melhor quando trabalham em contato com seus colegas e parceiros. Por isso, um de nossos principais objetivos é conectar as pessoas e ampliar as suas possibilidades, oferecendo a melhor experiência de viagem e ajudando-as a ser cada vez mais produtivas, criativas e engajadas”, afirma Fernando Michellini, Country Director da CWT no Brasil.

Sobre a pesquisa

A pesquisa foi criada pela CWT e conduzida pelo Artemis Strategy Group entre 29 de janeiro e 9 de fevereiro de 2019. As respostas foram coletadas de mais de 2.700 viajantes corporativos que viajaram quatro ou mais vezes nos últimos 12 meses. Os entrevistados foram das Américas (Argentina, Brasil, Canadá, México e Estados Unidos), Europa (Bélgica, França, Alemanha, Itália, Holanda, Espanha, Suécia e Reino Unido) e Ásia-Pacífico (Austrália, China, Índia, Japão e Cingapura).